Las Vegas recebe 2018 sob segurança sem precedentes

Apenas três meses após o mais mortal tiroteio em massa da história moderna dos Estados Unidos, Las Vegas recebeu 2018 com fogos de artifício, atos musicais de grande bilheteria e segurança sem precedentes.

Policiais observaram atentamente as 330 mil pessoas (estimadas) que viajaram de todos os locais dos Estados Unidos e de outros países, para ficar na Las Vegas Strip e na Rua Fremont no centro da cidade. Todo os policiais da Polícia Metropolitana de Las Vegas estavam trabalhando e foram auxiliados pela Guarda Nacional e por agentes federais.

Visitantes rosados tiravam selfies em meio a temperaturas mails altas que na maior parte dos Estados Unidos. Eles usavam chapéus brilhantes, tiaras e outras parafernálias temáticas de 2018 enquanto se abraçavam e aplaudiam o novo ano .

“Um incidente ruim não vai dissuadir-nos de ter nos divertir”, disse o residente Pettra Stark de Honolulu, que planejou sua viagem após o tiroteio de 1º de outubro.

Para Stark, a presença pesada de oficiais armados era reconfortante. Mas nem todos se sentiram da mesma forma, incluindo Adrian Dominguez, que viajou para as festividades com outros 10 parentes.

“Não é agradável ver tantos oficiais”, Domínguez, residente da cidade fronteiriça do norte de México, Ciudad Juarez. “Eles estão em toda parte.”

A segurança foi reforçada depois que um jogador de altas apostas matou 58 pessoas e feriu centenas centenas depois que ele quebrou as janelas de sua suíte no 32º andar do hotel-casino Mandalay Bay na Strip e atirou contra um festival de música country antes de se matar .

No sábado, dois vigilantes foram mortos a tiros enquanto investigavam um distúrbio no Arizona Charlie Decatur, um hotel-casino a oeste da Strip. A polícia disse que o suspeito foi hospitalizado com uma ferida de tiro feita por ele mesmo. As autoridades descreveram isso como um incidente isolado e asseguraram que não era relacionado ao terrorismo.

Um show de fogos de artifício de aproximadamente oito minutos foi lançado do topo de sete dos famosos hotéis de cassinos da cidade começaram no Stratosphere 10 segundos antes da meia-noite de segunda-feira e continuaram no Venetian, no Treasure Island, no Caesars Palace, no Planet Hollywood, no Aria e no MGM Grand. Mais de 80.000 disparos pirotécnicos iluminaram o céu em ouro, vermelho e verde.

Megastars realizaram shows em casas de show por toda a Strip. Os Foo Fighters tocaram no The Chelsea no The Cosmopolitan, o Maroon 5 estava no Mandalay Bay Events Center e Britney Spears se apresentou no The Axis no Planet Hollywood.

Em uma celebração no centro da cidade de Las Vegas, bandas tocaram sob um dossel de video enquanto os visitantes dançavam e bebiam cervejas gigantes.

O policial de Las Vegas, Larry Hadfield, disse na segunda-feira que não houve incidentes relacionados com as festividades para falar. A Patrulha Rodoviária de Nevada no Twitter informou a prisão de dois condutores suspeitos perto da Strip.

Grandes veículos foram usados para bloquearam principais interseções durante a noite para tentar evitar que alguém passasse por cima da multidão.

Carrinhos, mochilas, grandes malas, colers e garrafas de vidro foram banidos da Strip a noite. Os titulares de bilhetes para a celebração na Freemont Street Experiente passaram por pontos de verificação onde os vigilantes usavam detectores de metais portáteis.

A expectativa da Convention and Visitors Authority da cidade para as festa de ano novo é de que sejam arrecadados US$ 254,3 milhões de dólares e de que mais de 97 por cento dos quase 149.000 quartos de hotel sejam reservados.

http://abcnews.go.com/Lifestyle/wireStory/thousands-ring-2018-las-vegas-tight-security-52071036